Família Igreja Doméstica Testemunha da Esperança

552

 

O Bispo da Diocese de Santiago de Cabo Verde, Cardeal Dom Arlindo Furtado, recebeu, esta tarde, um grupo de nove estudantes do curso de Tradução e Interculturalidades da Universidade Jean Piaget de Cabo Verde, numa conversa aberta sobre a tradução religiosa.

A visita esteve enquadrada na disciplina de Teoria da Tradução, ao qual esses estudantes do segundo e quarto ano de licenciatura poderão esclarecer dúvidas e compreender com maior profundidade aspectos da língua e tradução no campo religioso.

A conversa aberta foi especialmente dedicada à problemática da tradução da Bíblia, livro mais traduzido dentro da literatura universal e igualmente, ás traduções dos Livros Sagrados que muitas vezes serviram como laboratório semântico com projeção para desenvolvimento da linguística geral.

Nesta partilha, o Cardeal e Grão Chanceler da Escola Católica de Cabo Verde contou sobre a experiência como tradutor da Nova Bíblia dos Capuchinhos, salientando que além de conhecimento de idiomas do original, como o hebraico ou grego-koiné, o tradutor deve deter conhecimentos, muitas vezes especializados, sobre a realidade extralinguística. 

O Cardeal encorajou esses estudantes a terem juízo crítico para que possam entender a prática da tradução em diferentes línguas.

“É preciso terem um espírito crítico para que possam acompanhar a evolução dos tempos, sem deixar a percepção do passado para trás” afirmou.

Esses estudantes foram acompanhados ainda pelos docentes da disciplina, José Carlos Gonçalves e Wlodziemierz Szymaniak.