Família Igreja Doméstica Testemunha da Esperança

Catedral

A Diocese de Santiago de Cabo Verde, erigida em 31 de Janeiro de 1533 pela bula Pro Excellenti Praeeminentia do Papa Clemente VII, celebrará em 2033 os 500 anos da sua criação. 

Numa Carta Circular enviada aos sacerdotes, diáconos, religiosas e religiosos e a todos os diocesanos, o Bispo considera este acontecimento de um grande significado histórico e espiritual para todos os cabo-verdianos, no país e na diáspora; o que requer um envolvimento de todos, ultrapassando mesmo as fronteiras da nossa nação, uma vez que a Diocese na altura da sua criação abrangia, para além das Ilhas do arquipélago, um vasto território continental, desde o rio Gâmbia até ao rio Santo André, nos confins da Costa de Marfim. 

Foi criada uma comissão preparatória, formada por 8 elementos, liderada Pelo Padre António Manuel Silves Ferreira, com o objetivo de elaborar o projeto de celebração dos 500 anos da Diocese de Santiago. 

O Bispo diocesano conta com um ativo empenho de todos, por isso, exorta os presbíteros e diáconos, os párocos e as equipas de pastoral a empenharem-se com entusiasmo neste projeto celebrativo da nossa Igreja; as famílias a serem verdadeiras Igrejas domésticas e testemunhas de esperança; os institutos religiosos, femininos e masculinos a participarem ativamente em todas as fases do processo celebrativo dos 500 anos desta Igreja; os fiéis em geral, que são o corpo vivo da Igreja, a participarem de alma e coração em todos os eventos celebrativos. 

o Bispo dirige um apelo especial aos governantes, ás instituições da sociedade civil e a todos os líderes sociais, para uma colaboração efetiva na celebração dos 500 anos da Igreja em Cabo Verde, uma vez que independentemente do credo religioso ou não de cada um, a presença e a atuação da Igreja no nosso país, desde os seus primórdios, são inegavelmente uma bênção para a nação de todos nós. 

O Conselho Presbiteral aprovou  o lema global dessa celebração: “Ide e ensinai... Eu estarei sempre convosco”(Cfr. Mt 28, 19-20) e o tema das comemorações: Diocese de Santiago de Cabo Verde, 500 anos de uma Igreja Consciente e Missionária.