Família Igreja Doméstica Testemunha da Esperança

Elisabete

A Cáritas Diocesana de Santiago, realizou na tarde de ontem, a Cerimónia de Entrega de Certificados a 21 mulheres da comunidade de Achada Laje, Paróquia de São Miguel Arcanjo, na área de Corte e Costura.

Segundo Ronisse Tavares, diretora executiva da Cáritas de Santiago, esta formação foi realizada no âmbito do projeto “Empoderamento de famílias mais vulneráveis da comunidade de Achada Laje”, financiado pela Fundação São João Paulo II e visa garantir a melhoria de condição de vida destas famílias.

O Cardeal Dom Arlindo, presente na cerimónia de entrega dos certificados, salientou a importância desta formação, convidando as formadas a não desperdiçarem esta oportunidade.

“A formação é importantíssima, pois nos ajuda a orientar e a gerir a nossa vida. E, tratando de mulheres, mães e educadoras, porventura, algumas chefes de famílias, esta formação não só nos prepara para a vida, como também, prepara os outros para a vida, ou seja, tem um efeito multiplicador”.

A formação decorreu no Salão Paroquial de São Miguel Arcanjo, Calheta, de 04 de Janeiro a 05 de Abril de 2021, num total de 215 horas e foi orientada pela Irmã Zenaida Vaz e a senhora Ermilinda Tavares.

No desenrolar deste projeto, que tem uma duração de dois anos, muitas outras atividades serão realizadas na comunidade de Achada Laje, nomeadamente: Formação sobre o aproveitamento de água; formação nas áreas de culinárias; formação sobre a prática de higiene comunitária; campanhas de limpeza; construções de cisternas; criações de pequenas hortas etc…