Família Igreja Doméstica Testemunha da Esperança

Visita Papa João Paulo II Cabo verde 16

Um ontem recordado hoje e que nos abre ao amanhã

Desde 1990, o dia 25 de janeiro traz consigo um sabor muito especial, tornando-se assim, o dia de recordar São João Paulo II.

Pela primeira vez na sua história, Cabo Verde recebeu a visita de um Papa. Um momento de muita emoção e cheio de alegria. Alegria esta que perpassa as fronteiras dos fiéis católicos, escorrendo ao coração de todos aqueles que vivem e pertencem a estas pequenas Ilhas.

É belo, é gratificante e é o pulsar da esperança receber e acolher aquele que foi predestinado por Deus para conduzir as ovelhas ao redil de Cristo. Creio, estarem de acordo comigo que os caboverdianos continuam hoje a acolher a presença amiga e paterna de São João Paulo II.

Pois, as emoções vividas por aqueles que tiveram a oportunidade de presenciar este facto, geraram a flor da gratidão naqueles que ouvindo a narração congratulam-se, tornando eles mesmos narradores desta bela notícia.

Isso se reflete no cântico: “Bem-vindo João Paulo II”, que no dia 25 de janeiro de 1990, ecoou em todos os cantos do nosso país e hoje, desabrocha como uma flor nos lábios de todos, inclusive das nossas criancinhas.

São João Paulo II nos trouxe a bênção de Deus, e hoje, vivendo junto de Deus na glória e coroado de Santidade vela por nós.

A Deus ergamos vozes de júbilo e de louvor, pedindo que nos envie o Seu Espírito Santo e aumente no nosso coração a fé, a esperança e a caridade, para que sejamos cristãos cada vez mais comprometidos com a edificação do Corpo Místico de Cristo: a Igreja.