Família Igreja Doméstica Testemunha da Esperança

cq5dam.thumbnail.cropped.750.422 2

“A oração pela unidade dos cristãos” foi o tema da catequese do Papa Francisco na Audiência Geral desta quarta-feira (20/01).

Celebrada no Hemisfério Norte de 18 a 25 deste mês, a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos tem como tema “Permanecei no meu amor e produzireis muitos frutos”. 

Segundo Francisco, a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos tem como objetivo “invocar de Deus o dom da unidade a fim de superar o escândalo das divisões entre os fiéis em Jesus”.

Cada um de nós precisa dela. Com efeito, damo-nos conta de que não somos capazes de preservar a unidade nem sequer dentro de nós mesmos.  A solução para as divisões não é opor-se a alguém, porque a discórdia gera mais discórdia. O verdadeiro remédio começa pelo pedir a Deus a paz, a reconciliação, a unidade.

A unidade só pode vir como fruto da oração.

Segundo o Papa, “isto aplica-se primeiramente aos cristãos: a unidade só pode vir como fruto da oração. Os esforços diplomáticos e os diálogos acadêmicos não são suficientes. Devem ser feitos, mas não bastam. Jesus sabia isto e abriu-nos o caminho através da oração. Deste modo, a nossa oração pela unidade é uma humilde mas confiante participação na oração do Senhor, o qual prometeu que cada oração feita em seu nome será ouvida pelo Pai”.

Francisco nos convidou a examinar e perguntar se nos locais onde vivemos, onde estamos, fomentamos conflitos ou lutamos “para crescer em unidade com os instrumentos que Deus nos deu: a oração e o amor. Alimenta-se o conflito com a fofoca, sempre, falando mal dos outros. A fofoca é a arma que o diabo usa para dividir a comunidade cristã, a família, os amigos, para dividir sempre. O Espírito Santo nos impele sempre para a unidade”.

 

Fonte:VaticanNews