7 DICAS DO NOSSO CARDEAL PARA O ANO DA MISERICÓRDIA

 

1.         PERDOAR E FAZER AS PAZES: Quem estiver mal com alguém, que faça as pazes, independentemente de quem tenha razão ou não. «Vamos ser misericordiosos como Deus Pai é misericordioso para connosco», ele que acolheu o filho que voltou ‘ sem fazi tcheu pergunta’ ». Quem perdoa sente-se livre e leve como um pássaro que voa…

 

2.         CELEBRAR O MATRIMÓNIO: Peço aos casais que se amam e que já vivem estavelmente com os filhos há algum tempo e não tenham «impedimento para o sacramento», que se disponham a contrair o santo sacramento do matrimónio, recebendo assim uma graça especial para si e para a sua família. «Ninguém está obrigado a casar», mas também «porque não regularizar a situação conjugal perante Deus e a Igreja mediante o sacramento?

 

3.         PROMOVER A FIDELIDADE DOS CASAIS: Os homens casados que viveram ou vivem uma relação extra conjugal, e até tenham filhos, que se abram com a esposa sobre o assunto e cuidem abertamente desses filhos, os quais merecem o melhor cuidado possível por parte dos pais. E a partir de agora, assumam na íntegra os seus compromissos matrimoniais. As mulheres façam o mesmo, se estiverem na mesma situação.

 

4.         DECIDIR PELA FIDELIDADE NO NAMORO: os Jovens que tenham várias namoradas (ou namorados) que pensem bem, mudem de vida e decidam por um estilo de vida na fidelidade estável durante o namoro. Serão assim fiéis no futuro.

 

5.         DEIXAR O ÁLCOOL: Quem faz abuso do álcool, que se comprometa em deixar esse vício (ou doença) de forma individual ou buscando ajuda institucional; Que reconquiste a sua dignidade e a dignidade da sua família;

 

6.         GANHAR UMA INDULGÊNCIA: Aproveite cada um para fazer uma confissão completa, bem feita, reze um Pai Nosso, Uma Ave Maria e um glória ao Pai, reze pelas intenções do Santo padre e da Santa mãe Igreja, pratique uma obra de misericórdia e visite uma Igreja Jubilar, a fim de ganhar a indulgência pelos seus pecados;

 

7.         NÃO TER VERGONHA DE SE CONFESSAR: Se alguém tem algum pecado que o acompanha por muito tempo, porque sente vergonha de o confessar, não deixe passar este ano da Misericórdia sem confessar esse pecado. Pense assim: Deus tudo sabe. E o sacerdote, que é pecador e também se confessa, está preparado para entender e acolher o pecador e perdoar todo o pecado em nome de Deus. Cada um aproveite as «torrentes de graça», que este Ano Santo nos proporciona.

 

Contactos

DIOCESE DE SANTIAGO
Avenida Amílcar Cabral/Largo 5 de Outubro
CP 46 - 7600 Praia - Cabo Verde
Telf (00238) 2611119
Fax (00238) 2614599

Email: diocese@diocesesantiago.org

facebook

youtube