V JORNADA DIOCESANA DA VOCAÇÃO: MENOR NUMERO MAIS DINAMISMO E QUALIDADE

A V Jornada Diocesana das vocações que aconteceu no passado domingo, dia 14 no Seminário de São José, cidade da Praia. Apesar de menor numero de jovens em relaçao aos anos anteriores, a jornalda ficou marcada pela qualidade, dinamismo e por parte dos jovens oriundas de diferentes paróquias da Diocese de Santiago. Participantes e organizadores atribuiram nota positiva ao evento.

Os participantes aprofundaram o lema da mensagem do Papa Francisco para a jornada mundial de oração pelas vocações, “Impelidos pelo Espírito Santo para a missão”. Jovens de diferentes paróquias da Diocese de Santiago fizeram presença na V jornada Diocesana das Vocações, que teve lugar no Seminário de São José no passado domingo, 14. Temos alguns depoimentos sobre a Jornada. 

Para o coordenador do secretariado das vocações, P. José Álvaro, a Organização da jornada este ano foi mais coesa, a Adoração e o atendimento dos jovens foram melhor organizados e foi muito mais dinamizada a apresentação da mensagem do Papa «por temas» e revelou «uma grande criatividade dos jovens, que mereceram grandes aplausos dos participantes."Eu fiquei muito feliz com a jornada, apesar do menor número de jovens em relação aos anos anteriores, disse.

O reduzido número deve-se a vários factores: «havia muitas actividades nas paróquias por causa do 13 de Maio, os jovens tinham a prova PGI e não houve muita motivação em muitas paróquias. Contudo nao tirou o brilho a qualidade e o dinamismo dos participantes. 

O jovem Alector da Paróquia de São Paulo Apostolo, ex seminarista, diz ser um jovem assíduo de todas as jornadas de vocações, pois sente se inquieto para descobrir o seu chamamento. O mesmo assume a importância de descobrir o chamamento de Deus através das jornadas e acredita que apesar de ideia distorcida do sentido da vocação, hoje muitos jovens páram para pensar no seu verdadeiro sentido e com a realização das jornadas os participantes têm a oportunidade de poder entender melhor.

Sara Spencer, jovem maiense, que participa pela primeira vez da Jornada, considerou bastante emotivo e esclarecedor. Sempre questionou sobre a sua vocação e teve oportunidade de ouvir orientações e de questionar a si própria.

Irma Antónia, da Congregação Filhas da Sagrada Coração de Maria e membro da organização diz-se surpreendida e bastante satisfeita com o número de jovens que fizeram presença na V jornada das Vocações. O objectivo da jornada foi levar os presentes a terem consciência de que da resposta que derem ao chamamento depende a sua felicidade. Para a entrevistada, os jovens mostraram-se motivados, não desperdiçaram a oportunidade de colocarem questões e dúvidas que os inquietam.

A religiosa, defende maior frequência na realização das jornadas de vocações que só acontecem uma vez por ano e entende necessário e importante a participação dos jovens nesses encontros de descoberta.

A mesma considera que para além das dificuldades a resposta às diversas vocações mão está mal, mas há necessidade de despertar a coragem e orientação dos jovens, um trabalho que deve começar pela família, e passar pela igreja e pela Escola.

A Irmã reconhece que há também necessidade de maior informação sobre o real significado das diversas vocações e acredita que os participantes saíram esclarecidos de que quando se fala de vocações não apenas se refere aos padres, irmãs mas também ao matrimónio, vocação que é o fundamento das famílias, que por sua vez são “viveiro de vocações”.

ARTIGOS RELACIONADOS

  1. Seminário de São José acolhe V Jornada Diocesana das Vocações
  2. Dia de Oração pelas vocações sacerdotais

Contactos

DIOCESE DE SANTIAGO
Avenida Amílcar Cabral/Largo 5 de Outubro
CP 46 - 7600 Praia - Cabo Verde
Telf (00238) 2611119
Fax (00238) 2614599

Email: diocese@diocesesantiago.org