MÊS DE MAIO: VOCAÇÃO É ASSUNTO DE TODOS NA IGREJA

Todas as vocações, seja ao matrimónio, à vida consagrada ou ao sacerdócio, precisam da nossa oração pela sua fidelidade ao chamamento de Deus e para que frutifiquem no serviço do seu Reino de Deus, pois todos, cada um dos cristãos, são chamados a trabalhar na sua “messe”, que é grande. 

«Esta é também a motivação do Secretariado das  vocações da diocese de Santiago que há mais de 20 anos celebra o mês de Maio como o Mês da conscientização e da  celebração de todas as vocações na Igreja», diz o Pe. José Álvaro, coordenador da pastoral vocacional na diocese.

«Há muito que a pastoral das vocações tenta incutir em todos os fiéis de que todos têm a ver com o assunto «vocações» para superar a noção errada de que vocação é assunto de padre e freiras.

A Igreja quer em unanimidade rezar para que surjam mais vocações.  Como lembra o Papa Francisco na mensagem para este 55.º Dia Mundial de Oração pelas Vocações não estamos submersos no acaso, nem à mercê duma série de eventos caóticos; pelo contrário, a nossa vida e a nossa presença no mundo são fruto duma vocação divina. «Ter esta consciência , muda toda a perspectiva da pastoral das vocações», diz o Pe José Álvaro, porque assim todos estarão unidos em prol de uma causa onde cada um tem seu lugar e  ninguém toma o lugar de ninguém.

De facto as vocação «são complementares» porque cada pessoa recebe uma chamada que é única e irrepetível, «cabendo a cada pessoa e à Igreja rezar e discernir» o chamamento que Deus faz «a cada pessoal em especial». Este ano, o Papa escolheu para o passado  Domingo do Bom Pastor (Dia Mundial das vocações) o tema: «Escutar, discernir, viver a chamada do Senhor», indicando assim «as etapas e a dinâmica de cada cristão perante o chamamento que Deus lhe faz», comenta assim o Padre José Borja.

Lembre-se que o Sínodo dos Bispos – XV Assembleia Geral Ordinária, que acontece em Outubro próximo tem como lema "Os jovens, a fé e o discernimento vocacional e será dedicada aos jovens, particularmente à relação entre jovens, fé e vocação.

A chamada do Senhor – fique claro desde já – não possui a evidência própria de uma das muitas coisas que podemos ouvir, ver ou tocar na nossa experiência diária, diz o Papa. «Deus vem de forma silenciosa e discreta, sem Se impor à nossa liberdade. Assim pode acontecer que a sua voz fique sufocada pelas muitas inquietações e solicitações que ocupam a nossa mente e o nosso coração».

Por isso, é preciso preparar-se para uma escuta profunda da sua Palavra e da vida, prestar atenção aos próprios detalhes do nosso dia-a-dia, aprender a ler os acontecimentos com os olhos da fé e manter-se aberto às surpresas do Espírito.

Este ano o secretariado não celebrou o Dia Diocesano das vocações, que é o segundo domingo de Maio, por coincidir com o Dia mundial das comunicações sociais e «era preciso dar destaque a esse Dia Mundial que habitualmente passa despercebido entre nós», justifica o Pe. José Álvaro, que também é coordenador da pastoral da Comunicação na diocese.

Contactos

DIOCESE DE SANTIAGO
Avenida Amílcar Cabral/Largo 5 de Outubro
CP 46 - 7600 Praia - Cabo Verde
Telf (00238) 2611119
Fax (00238) 2614599

Email: diocese@diocesesantiago.org