Diocese de Santiago celebra 486 anos da sua criação

No próximo dia 31 de janeiro a Diocese de Santiago de Cabo Verde celebrará 486 anos da sua criação.

As origens históricas de Cabo Verde se situam, convencionalmente, em 1460, data em que dois navegadores, às ordens do Infante D. Henrique de Portugal, Diogo Gomes e António de Noli, teriam encontrado as ilhas de Sotavento.

A responsabilidade da evangelização das ilhas coube, desde o descobrimento, à Ordem de Cristo.

Em 20 de Maio de 1532, o rei D. João III, de Portugal, julgando poder fundar um Bispado em Cabo Verde, formulou o pedido ao Papa nesse sentido. A sede seria na vila da Ribeira Grande, ilha de Santiago – a qual, para o efeito, teria que ser criada cidade como de facto aconteceu a quando da criação da Diocese. O território abrangeria não só o arquipélago de Cabo Verde como também uma parte do continente que lhe ficava contíguo numa extensão de 350 léguas de terra firme na costa ocidental africana, desde o rio Senegal até ao rio S. André, perto de Cabo das Palmas. O rei apresentava logo para Bispo D. Braz Neto, desembargador do Paço e, ao tempo, embaixador em Roma.

Em 31 de Janeiro de 1533 pela Bula “Pro Excelenti”, o Papa Clemente VII criava a Diocese de Santiago de Cabo Verde com sede na igreja paroquial da Ribeira Grande, ilha de Santiago. Ficaria sufragânea da Diocese do Funchal, ereta na mesma data, e, pelo mesmo documento, ereta em metrópole Eclesiástica. Dos três primeiros Bispos de Cabo Verde sabe-se que D. Braz Neto (1533-1534) tomou posse da Diocese em Lisboa, mas por lá ficou sem ter vindo à Diocese, como aconteceu, de resto, com muitos dos seus sucessores; que D. João Parvi ou D. João de Évora (1538-1546) que era francês de origem, veio à Diocese (e nisso foi o primeiro) e faleceu na Ribeira Grande, tendo sido sepultado na Sé; e que D. Francisco da Cruz (1547-1572) foi o iniciador dos trabalhos da Catedral, bem como da Misericórdia.

O programa contemplará a divulgação de um vídeo documentário sobre a história da Igreja em Cabo Verde, da autoria de Jelson Paulo Fernandes da Silva, dia 31 ás 17:00 no salão paroquial de Nossa Senhora da Graça seguida de missa solene ás 18:15 na Igreja Pró Catedral de Nossa Senhora da Graça.

Contactos

DIOCESE DE SANTIAGO
Avenida Amílcar Cabral/Largo 5 de Outubro
CP 46 - 7600 Praia - Cabo Verde
Telf (00238) 2611119
Fax (00238) 2614599

Email: diocese@diocesesantiago.org

facebook

youtube