“CANTAREI ETERNAMENTE AS MISERICÓRDIAS DO SENHOR PELO DOM DO SACERDÓCIO”: FREI GILSON OLIVEIRA

Frei Gilson Oliveira é o mais novo sacerdote cabo-verdiano. Pelas mãos do Cardeal Dom Arlindo o jovem franciscano recebeu ontem, domingo, dia 30, o segundo grau do sacramento da ordem. O momento foi de muita festa e louvores a Deus. O recém ordenado iniciou o seu discurso com a frase “cantarei eternamente as misericórdias do Senhor” louvando a Deus pelo dom da sua vocação sacerdotal.

A Paróquia de São Nicolau Tolentino, no Conselho de São Domingos, esteve em festa neste domingo, dia 30. Diante de da assembleia dos fiéis, do cardeal e de um grande grupo de padres de diferentes congregações, o filho de São Lourenço dos Órgãos Gilson Patrick Silva Oliveira proferiu o seu “SIM” a Deus e à Igreja.

O mais novo padre capuchinho, Frei Gilson Oliveira, de 29 anos, apesar de ter nascido em São Lourenço dos Órgãos, pediu que fosse ordenado na paróquia de São Nicolau Tolentino onde cresceu na casa dos avós, estudou e vincou suas amizades.

No discurso após a ordenação o padre Frei Gilson Oliveira agradeceu a Deus pelo seu dom de sacerdote. Igualmente manifestou sua gratidão a todos os que estiveram presentes na sua caminhada, sem deixar de fazer um especial agradecimento emocionante aos pais e aos avós presentes na cerimónia.

À semelhança de Salomão, o jovem franciscano decidiu renunciar a outras pedras preciosas, tomando Jesus como a sua pedra mais valiosa, segundo o desígnio de Deus. Durante a homilia o celebrante, Bispo dom Arlindo, exortou o jovem a perseverar na sua decisão dando o exemplo de Salomão que reconheceu a importância e a responsabilidade de governar o povo de Deus. Um coração inteligente semelhante ao de Salomão foi o que o Cardeal pediu ao novo sacerdote.

O padre Frei Gilson Oliveira deverá seguir para a ilha do Fogo onde vai ajudar na comunidade. Mas antes vai celebrar sua primeira eucaristia na comunidade de Rui Vaz e na Paroquia de São Nicolau Tolentino. 

Sendo o primeiro jovem padre da comunidade de Rui Vaz, o padre lançou o seguinte apelo: “Não quero ficar sozinho, porque sozinho não vamos longe, mas juntos conseguimos alcançar um logo caminho. Não tenham medo de seguir este caminho, disponibilizem-se porque com Cristo somos mais felizes”.

 ARTIGOS REALCIONADOS

  1. Frei Elvino é ordenado
  2. Encontro de padre Africanos

Contactos

DIOCESE DE SANTIAGO
Avenida Amílcar Cabral/Largo 5 de Outubro
CP 46 - 7600 Praia - Cabo Verde
Telf (00238) 2611119
Fax (00238) 2614599

Email: diocese@diocesesantiago.org