CABO VERDE ACOLHE PELA PRIMEIRA VEZ O ENCONTRO DO CONSELHO PERMANENTE DOS BISPOS DA ÁFRICA OCIDENTAL

Trata-se do 6º encontro do Conselho Permanente dos Bispos da África Ocidental (toda a CEDEAO e a Mauritânia), que reúne representantes das Conferências Episcopais dos países da África Ocidental de língua francesa, portuguesa e inglesa (CERAO-RECOWA).

O conselho permanente reúne-se uma vez por ano para ver o andamento da confederação e Cabo Verde é o país a receber este 6º encontro que acontece de 26 a 30 de Janeiro no Seminário de São José, na cidade da Praia. A Sessão de abertura acontece no sábado, dia 27.

Ao todo são 35 membros, incluindo o Cardeal Dom Arlindo Furtado, o Núncio Apostólico e o Bispo de Mindelo, convidados para o encontro, e o padre Paulo Vaz, da diocese do Mindelo, que é membro do secretariado permanente. Um conjunto de temas será abordado neste encontro, questões que têm a ver com, a família, a juventude, a pastoral social, incluindo a análise da situação politica nos respetivos países.

O fito do encontro, segundo o Cardeal Dom Arlindo Furtado, é a avaliação geral do andamento dos trabalhos programados, o reforço da coesão das igrejas de diversas línguas e culturas, de forma a estarem mais unidas entre si as igrejas locais e nacionais na Costa Ocidental da África.

O Encontro ordinário dos bispos da Região da CEDEAO mais a Mauritânia serve ainda para “ver o andamento das igrejas locais, das estruturas da organização, a colaboração e cooperação entre as conferências episcopais» - disse. Haverá partilhas sobre questões de saúde, por exemplo, como garantir a saúde dos missionários, sobre a entreajuda e outras diversas formas de colaboração.

Neste encontro participam ainda os presidentes das conferências episcopais que irão tomar parte numa formação específica sobre a questão da “Liderança da igreja em África”, como reforçar a liderança no seio da igreja, de forma a melhor agir e estar na igreja e na sociedade.

Ainda em declarações a este site, Dom Arlindo ressalta que “será uma forma também de dar a conhecer o nosso país e criar maior aproximação afetiva em relação a Cabo Verde e vice-versa. Uma oportunidade de partilhar a nossa realidade, sendo a igreja de Cabo-Verde a igreja mãe, a mais antiga entre esses países”.

Recorda-se que no ano passado, Dom Arlindo, que tinha sido nomeado membro da Comissão de Finanças participou no encontro pela primeira vez.

Como país de acolhimento, Dom Arlindo acredita que Cabo Verde tem uma responsabilidade acrescida, que é de acolher bem os hóspedes, transmitir uma boa imagem do país.

ARTIGOS RELACIONADOS

  1. Bispos de Cabo Verde participam em conferencial episcopal

Contactos

DIOCESE DE SANTIAGO
Avenida Amílcar Cabral/Largo 5 de Outubro
CP 46 - 7600 Praia - Cabo Verde
Telf (00238) 2611119
Fax (00238) 2614599

Email: diocese@diocesesantiago.org