485 ANOS DA DIOCESE DE SANTIAGO DE CABO VERDE

Assinala no dia 31 de Janeiro 485 anos da fundação da Diocese de Santiago de Cabo Verde. As celebrações foram antecipadas com uma eucaristia hoje dia 28 às 10 horas 30 minutos na Pró- Catedral da Praia. A eucaristia solene foi presidida, pelo Cardeal e Bispo de Santiago, Dom Arlindo Furtado, e concelebrada 18 Bispos e vários sacerdotes.

A mais antiga Igreja da África, Diocese de Santiago de Cabo Verde, foi erigida em 31 de Janeiro de 1533. Pela Bula “Pro Excelenti”, o Papa Clemente VII criava a Diocese de Santiago de Cabo Verde com sede na igreja paroquial da Ribeira Grande, ilha de Santiago. Ficaria sufragânea da Diocese do Funchal, erecta na mesma data, e pelo mesmo documento, erecta em metrópole Eclesiástica.

A celebração dos 485 anos da Diocese de Santiago acontece à margem da sexta reunião ordinária do Conselho Permanente dos Bispos da África Ocidental que decorre na cidade da Praia de 26 a 30 de Janeiro.

Diante dos membros do Conselho permanente da RECOWA, e durante a homilia, o cardeal Dom Arlindo Furtado lembrou que Cabo Verde é uma espécie de Igreja-mãe ou Ireja-Irmã mais velha de algumas dioceses da áfrica ocidental.

O presidente da celebração disse que as leituras deste domingo transmitem muitos e bons ensinamentos: São Paulo que fala do estado de vida que cada pessoa pode escolher para si tentando escrutinar a vontade de Deus a seu respeito: A Vida matrimonial ou vida celibatária.” Os que optarem pelo matrimónio tudo devem fazer para assumirem as suas responsabilidades e cumprir a sua missão do dom de Deus para os filhos, para sociedade e para a igreja; os que optarem pelo celibato ou ainda estão solteiros ou vivem em estado de viuvez estão mais livres para servir, mais intensa e totalmente o Senhor na santidade de corpo e de espírito a semelhança de Cristo que se consagrou inteiramente a Deus e ao serviço da boa nova. O Cardeal exortou os cristãos a serem cidadãos deste mundo e cidadãos do céu.

No final da eucaristia, que durou cerca de duas horas, Dom Arlindo agradeceu aos bispos que estiveram presentes e demonstrou a sua satisfação em recebê-los no nosso país.

Após a apresentação de todos os Bispos presentes, o presidente da RECOWA-CERAO, nigeriano, também mostrou-se satisfeito por terem sido bem acolhidos em Cabo Verde, «um belo país». Agradeceu pelos lindos cantos da missa, falou da missão evangelizadora e social da Igreja, dos trabalhos da CERAO, dos problemas sociais no seu país, conflitos e guerras na Região ocidental africana. Pediu orações e no fim repetiu 3 vezes: «Conservem a Paz», ao que foi muito aplaudido. 

No fim da Missa os bispos foram cercados por várias pessoas, incluindo os da costa ocidental, numa animada convivência.

Contactos

DIOCESE DE SANTIAGO
Avenida Amílcar Cabral/Largo 5 de Outubro
CP 46 - 7600 Praia - Cabo Verde
Telf (00238) 2611119
Fax (00238) 2614599

Email: diocese@diocesesantiago.org